28 de out de 2013

Fraseado Jazz sobre cadências II-V-I ao estilo de Joe Pass

Breve histórico

Joseph Anthony Jacobi Passalaqua, mais conhecido como Joe Pass, começou a tocar guitarra com 9 anos de idade e aos 14 já tocava em casamentos. Aos 20 anos se mudou para Nova York, onde pode ouvir alguns dos melhores músicos de jazz da época. Joe Pass foi capturado pelo som do bebop, mas infelizmente, também pegou um péssimo hábito bem conhecido por músicos de jazz da época : a heroína.

A década seguinte foi desperdiçada por Joe Pass, perdendo tempo em prisões, até entrar na Synanon , um centro de reabilitação de drogas. No centro ele formou uma banda com outros pacientes e gravou o álbum Sounds of Synanon , que foi muito bem recebido pelos críticos de jazz.

Depois de 3 anos no centro , Joe ficou curado de seu vício e poderia seguir em frente com sua carreira musical. Começou a tocar em Los Angeles e se envolveu na cena do estúdio. Em 1973 gravou "Virtuoso", um álbum que o tornou famoso pela maneira de tocar guitarra (recomendo a escuta deste album).

Gravou um álbum em duo com Ella Fitzgerald e tocou com muitos músicos famosos de jazz, como Count Basie , Dizzy Gillespie, Duke Ellington e Oscar Peterson.

Joe Pass morreu de câncer em Los Angeles, dia 23 de maio de 1994.



Vamos aos estudos !!!

Frase 1

Nesta primeira frase, a escala de Db diminuta é tocada sobre o acorde C7 . Isto resulta num C7 Dom Dim .


Frase 2

Nesta frase, um arpejo tríade de Dm com a adição da 9ª é tocado sobre um acorde de Bm7b5, resultando num arpejo de Bm7b511 .

Sobre o acorde de E7, é tocado a escala de A Menor Harmônica...


Frase 3.

Temos aqui um ótimo exemplo de fraseado sobre cadências II-V-I, muito comum no Jazz.



Frase 4

Nesta frase com acordes ("chord lick") , você pode ouvir sons idiomáticos que compõem muitos dos solos de guitarra de Joe Pass. Tente dividi-las em mini frases que compõem cada compasso. Dessa forma você será capaz de extrair essas idéias e usá-las em diferentes situações, criando assim as suas próprias linhas de fraseados de jazz.


Frase 5 

A última frase que veremos utiliza uma das ritmicas favoritas do trabalho solo de Joe. Você pode ouvir uma ideia semelhante durante a sua versão de "Have you met miss Jones".



Joe Pass arrebentando !!!


Bons estudos !!!