22 de nov de 2013

Michel Leme - Um dos maiores expoentes da guitarra no Brasil

Michel Leme é natural de São Paulo, começou a tocar aos oito anos de idade por influência de seu avô. Autodidata, atua profissionalmente desde 1990 e é sem dúvidas um dos maiores expoentes da guitarra no Brasil.


Ao longo dos 23 anos de carreira, Michel marcou presença em mídias importantes como Guitar Player, Cover Guitar, Clube do Jazz, Bandas de Garagem, Ejazz, jornal O Globo, Folha de São Paulo, Programa do Jô, Metrópolis, entre outros. Além disso, tem no currículo a participação em mais de vinte discos de música instrumental e tem a incrível média de mais de 150 apresentações por ano !!!

O guitarrísta tocou com grandes nomes como Gary Willis, Michael Brecker, Toninho Horta, Lee Konitz, Joe Lovano, Arismar do Espírito Santo, entre outros.

Michel também atua como professor no IG&T (Escola de Música e Tecnologia - EM&T) e aulas particulares (online e presenciais). O guitarrista também possui alguns vídeos didáticos em diferentes veículos da internet.

Discografia


  • Umdoistrio (2002)
  • Quarteto (2004)
  • Trocando Idéias (2005)
  • Michel Leme & A Firma (2007)
  • Michel Leme 5º (2010)
  • Michel Leme Trio - Na Montanha (DVD) (2012)
  • Michel Leme Na Hora (2013)
  • Arquivos Vol. 1 (DVD)
  • Michel Leme 9 (2014)
É possivel adiquirir o trabalho de Michel Leme pelo itunes ou entrando em contato diretamente com ele pelo email michel@michelleme.com.

Vale ressaltar que Michel também já participou de mais de 40 discos de música instrumental, tocando a convite de outros músicos ou participando de coletâneas. 

Equipamentos

Michel conta basicamente em seu Set-Up com uma guitarra acústica e um cabeçote valvulado Rotstage Libra (Signature). 

Michel e sua guitarra acústica

A guitarra é um modelo construido nos EUA pelo Luthier João Cassias, uma true-hollow-body, que não tem furações no corpo nem para o captador, que fica suspenso. Curiosamente esta guitarra não tem botão de volume porque segundo Michel Leme, é um projeto construído com base nos primórdios da guitarra. Neste modelo o guitarrísta utiliza cordas 013 Flatwound (Lisas).

"O timbre dessa guitarra é muito rico e a mandada dela é totalmente na pressão, como eu gosto. Gravei o DVD Michel Leme Trio - Na Montanha e o novo CD Michel Leme Na Hora com ela", conta Michel Leme.

Já o amplificador é o modelo Libra, utilizado desde Julho de 2007 por Michel Leme e que foi desenvolvido pelos engenheiros da Rotstage em parceria com o artista. 


"Eles tiveram grande sensibilidade e uma incrível capacidade de realização para deixar o amplificador realmente na medida para mim", conta Michel.

O Libra é um cabeçote de 100W RMS de potência totalmente valvulado (são 4 válvulas 6L6) com apenas um canal, controles de grave, médio, agudo, ganho, presença e master. Traz também uma chave de bright e loop de efeitos. Michel utiliza uma caixa com 2 x 12" com falantes Rotstage. Também está disponível a versão Libra 50, com 50W RMS.

Lições


No blog.michelleme.com é possivel encontrar dicas, liçoes e partituras de seus temas. Abaixo colocarei 2 exercícios muito interessantes que encontrei por lá. Vale a pena acompanhar porque ele sempre posta lições e experiências compartilhadas com seus alunos.


1-"o desenferrujador" - Por Michel Leme

"Ele é muito simples, mas pelo menos para mim, funciona. Quando a gente esta meio forma de forma é legal repetir isso bastante até coordenar legal a mão esquerda com a direita, o que também vai fortalecer os dedos da mão esquerda.


Importante: palhete a primeira nota para baixo, a segunda para cima e continue alternando. Os números entre a partitura e a tablatura designam os dedos da mão esquerda.

Uma forma de variar o exercício é faze-lo subir ou descer em semitons na mesma corda, ou também, ir trocando de corda, por exemplo: uma vez na corda G, uma na corda B, outra na primeira E...Enfim, faça as combinações de acordo com sua necessidade"



2 - Exercício para Sweep Picking - Por Michel Leme

"Passei esse exercício para um aluno que me pediu algo específico pra melhorar o sweep picking. Depois que passei, notei que trata-se de um exercício para sweep picking um pouco diferente, que tem o maior desafio para, de fato, a mão esquerda. 

Explico: cada dedo que toca cada um dos grupos de quatro notas no braço tem que fazer soar uma nota de cada vez, ou seja, o próprio dedo "muta" a corda que acabou de tocar enquanto toca a próxima, como se fizesse um leve "movimento minhoca". Visualizou? Isso também ajuda a fortalecer os outros dedos da mão esquerda - além do dedo 1 (indicador) - pra fazer "pestana" e coisas similares. 

Comentário: não uso tablatura pra passar idéias musicais, só uso pra exercícios mesmo. E repare que todos os detalhes estão descritos no exercício; qual dedo da mão esquerda toca cada grupo de notas, e as palhetadas para baixo ou para cima. Depois faça em outros grupos de cordas (como de A a B ou de E a G). "


Para quem nunca viu, aí vai um vídeo com Michel Leme em ação !


Mais informações no site oficial de Michel Leme