7 de mar de 2014

Pat Martino - "Intenção Menor" ("Conversion to Minor")

Pat Martino nasceu dia 25/08/1944 na Philadelphia, maior cidade do estado americano da Pensilvania. Pat Começou a tocar profissionalmente aos 15 anos. Seus principais estilos são Jazz tradicional, Soul Jazz e Hard Bop.



Em 1980 submeteu-se a uma operação cerebral pra corrigir uma aneurisma, que resultou na perda total de memória e toda sua habilidade no instrumento. Em 1984 recomeçou a tocar ouvindo seus próprios discos e em 1987 já se mostrava em boa recuperação no lançamento do album "The Return".


Pat Martino mostrando seu conhecimento !!!



Intenção Menor - (Conversion to Minor)


Pat Martino foi quem popularizou esta maneira de tocar, já que Wes Montgomery e Grant Green já utlizavam a intenção menor. Este raciocínio consiste em tocar sobre qualquer tipo de acorde um equivalente menor. Tomaremos como ponto de partida a tríade de Am:


Ao adicionarmos diferentes notas no baixo (grave) funcionando como tônicas, obteremos novos acordes.

Am com a nota F no baixo obteremos o acorde F7M.

Am com a nota C no baixo obteremos o acorde C6.

Am com a nota F# no baixo obteremos o acorde F#m7b5.

Am com a nota D no baixo obteremos o acorde D9.

Am com a nota G# no baixo obteremos o acorde G#7b9b13 (G#alt7) ou Am7M/G#

Veja:

Desta maneira se estabelecem 5 equivalências para um acorde menor. É de extrema importância ter em mente de forma clara a distancia intervalar estabelecida em cada equivalência.

Sobre o acorde C7M podemos tocar um acorde/frase em Em (3ªM ascendente) e/ou um acorde/frase em Am (3ªm descendente)

C7M
Dm7
Em7
F7M
G7
Am7
Bm7b5

Sobre o acorde C7 podemos tocar um acorde /frase em Gm. (3ªm descendente)

F7M
Gm7
Am7
Bb7M
C7
Dm7
Em7b5

Sobre o acorde Cm7b5 podemos tocar um acorde /frase em Ebm. (3ªm ascendente)

Db7M
Ebm7
Fm7
Gb7M
Ab7
Bbm7
Cm7b5

Sobre o acorde C7 Alt podemos tocar um acorde/frase em Dbm. (2ªm ascendente)

Dbm7M
Ebm7
Fb7M#5
Gb7
Ab7
Bbm7b5
C Alt7

Pat Martino organiza seu vocabulário no que ele chama de "areas of activity", que correspondem a 4 posições no braço da guitarra, formada pela posição fundamental e suas inversões.


Frequentemente suas frases se movem pelas "areas of activity", como demonstra os exemplos a seguir.


Estas equivalências são de muita utilidade num contexto II-V-I, pois permitem simplificar dois acordes em uma só ideia, como veremos nos exemplos à seguir.


Outro recurso muito utilizado por Pat Martino é tocar sobre um acorde dominante de uma cadência II-V-I, uma ideia menor 1/2 tom acima do acorde dominante. Veja o exemplo a seguir.

Bons Estudos !