3 de ago de 2015

Guitarras Ibanez Jem falsificadas - Dicas para detectar as diferenças

Nos últimos anos houve uma infusão de guitarras baratas que vêm da China e o preço chama a atenção dos compradores. A maioria são Ibanez, Gibson e Fender. Nenhuma destas guitarras são originais e visivelmente produtos de qualidade inferior e muito provavelmente feitas por trabalhadores inexperientes na arte de construir guitarras, ou até mesmo feitas por trabalho infantil. Você nunca vai conseguir uma guitarra 1500 dólares por 300 dólares...seria bom demais para ser verdade, mas não é, então NÃO se iluda com guitarras falsificadas !!! 

Há quem chame esses modelos falsificados de réplica, mas no fim das contas, trata-se do mesmo produto. Abaixo deixarei algumas dicas para se diferenciar uma guitarra Ibanez Jem falsa de uma guitarra original.

Um dos modelos falsificados mais comum de serem encontrados é a Ibanez Jem de cor branca.



Tive a oportunidade de examinar a fundo um desses modelos "Chibanez" Jems. Não há um pingo de qualidade em comparação com o modelo original. Todo lugar onde eles podem cortar custos para economizar dinheiro, eles cortam. No corpo, o corte, a forma são feitos com madeira compensada e cobertos com uma fina camada de tinta. A ponte é uma versão "panela", de metal muito barato e cópia do modelo TRS. Na melhor das hipóteses poderia estreitamente se relacionar com a qualidade da ponte Ibanez Lo-TRS II, que para quem não sabe, foi uma dos piores pontes tremolo de todos os tempos. Além disso, o acabamento em dourado sai muito fácil, com pouquíssimo tempo de uso.


O escudo é um pedaço de plástico cortado, de 3 dobras muito malfeito e que não segue a forma da guitarra (isso é muito evidente pelo "chifre" inferior). O mesmo acontece com todas as tampas de acesso à parte elétrica e molas, que são tão mal feitas que parecem terem sido cortadas no "olhometro" com uma lâmina de barbear (Todas as Ibanez originais têm recesso nas cavidades para que as capas sejam niveladas com o corpo). Também é possível observar que as verdadeiras Jems têm orifícios de acesso (mais como fendas longas) cortados na tampa das molas para permitir os ajustes das mesmas sem ter que tirar a tampa fora. 



Os captadores são genéricos que na verdade nem sequer cabem no escudo, enquanto que na Jem original são DiMarzio Evolution com pólos de captação banhados a ouro, que você nunca irá encontrar nas "Chibanez". Todos os componentes eletrônicos são de má qualidade e provavelmente apresentarão problemas após um curto período de tempo de uso. Observe também que os botões na Ibanez Jem original são de plástico numeradas de cor branca e não redondas e douradas de metal como encontradas na maioria das Chibanez.


O braço é mal parafusado, utiliza parafusos dourados, o corte do encaixe do braço é mais quadrado e tem mais saliência que as Jems originais. O braço em si é muito, mas muito mais "gordo" que qualquer Ibanez que eu já toquei. Em alguns casos, ainda mais "gordo" do que alguns modelos Les Paul ou Stratocaster, praticamente um C shape. 

O serviço de instalação e acabamento dos trastes (fretwork) é bem mal feito. O nivelamento e acabamento dos mesmos é bem mal feito e os últimos 4 trastes não são recortados como todas as Ibanez Jems originais. O inlay "videira" também é muito mal feito, com um monte de material de enchimento, peças lascadas e feitos à partir de plástico branco, ao contrário de uma original, que usa Abalone para as folhas pequenas, madre pérola branca para as grandes e madre pérola mais escura para a videira. 

Muitas destas guitarras não contam com tensor, o que é muito, muito ruim, e significa que o braço irá se deformar e curvar muito fácil ao longo de um curto período de tempo. Outro defeito comum que estas guitarras apresentam são rachaduras de estresse sobre os lados da articulação do braço (onde o braço é parafusado), que em uma guitarra original é algo que iria desenvolver ao longo dos anos e não semanas como nestes modelos. Isso indica que a guitarra não foi pintada ou terminada corretamente. Um sinal de muito má qualidade.

    O Headstock é ponto que entrega fácil quando o modelo é falso. A largura do headstock é geralmente muito maior do que a de uma Jem original, que é muito perceptível especialmente na largura entre a tarraxa da corda E grave e o lado do headstock. Além disso, o logotipo não percorre todo o caminho até a ponta do headstock. As tarraxas são muito baratas e geralmente sem marca. Ao contrário excelentes Gotoh que são utilizadas pela Ibanez.

Não deixe estes "artistas" da Chineses balançá-lo em comprar uma Ibanez falsificada, já que existem modelos originais fabricados na China, como o caso das excelentes guitarras Vintage. Se você está procura uma boa Ibanez vale a pena pagar mais caro por uma autentica porque são guitarras para a vida toda. Se você não node pagar o preço que pedem por um modelo original, compre modelos mais baratos ou uma boa pode ser optar pelas usadas, mas não caia na ilusão das falsificadas. Seja realista.

Quem tiver uma Ibanez e quiser pesquisar informações à partir do numero de serial, pode acessar o link à seguir.

Guitar Dater Project


Dúvidas me escrevam ! Abraços !